Barry Crítica

Barry Crítica – A comédia bizarra da HBO

Publicado em: 5 de abril de 2020

Barry Crítica
Barry Crítica

Todo mundo merece uma segunda chance! Até se você for um assassino de aluguel que apenas deseja se tornar ator e dar um pouquinho de sentido pra sua vida que até o momento só teve sangue. Este é o enredo de Barry, a série da HBO que recebeu várias indicações ao Emmy. Veja a nossa Barry Crítica.

via GIPHY

Quando comecei a assistir Barry confesso que demorei um pouco pra gostar da série, os primeiros episódios eram mais drama do que comédia e me fizeram questionar o fator comédia da série.

via GIPHY

Isso em um primeiro momento porquê depois de alguns EPs o personagem Barry (Bill Hader) te conquista de tal forma que mesmo você não concordando com as escolhas que ele faz, você acaba torcendo por ele.

A série conta a história de Barry, um matador de aluguel que está passando por aquelas crises existenciais onde a gente questiona o rumo da nossa vida. Ele é um ex-fuzileiro da marinha, e ao voltar da guerra, com todas as sequelas psicológicas de um combatente, recebe a proposta de um antigo amigo da família Monroe Fuches (Stephen Root) para se tornar matador de aluguel. É meio que óbvio que isso não iria acabar bem.

veja também Succession Crítica

Tudo muda quando Barry recebe como alvo um jovem que faz parte de um curso de teatro em Los Angeles. E a partir daí a história começa, Barry vê no teatro a oportunidade de dar um novo rumo a sua vida. Não vai fazer sentido o que vou falar agora, mas apesar de ele ser um assassino Barry tem um bom coração. A gente percebe através da atuação de Bill Hader todo o conflito que o personagem sofre ao tentar tomar as rédias da sua vida, que não é uma tarefa fácil.

via GIPHY

Bill Hader que é também um dos idealizadores da série junto com Alec Berg (Seinfeld, Silicon Valley) consegue dar uma camada complexa a série misturando ingenuidade, violência, comédia e muito drama. A história traz um baita questionamento: é possível esquecer o passado sem pagar o preço pelas nossas ações?

Isso da muito pano pra manga, por um lado você torce para o personagem se encontrar no teatro e ser feliz. As vezes Barry se pega pensando em um futuro diferente, ele com Sally (Sarah Goldberg) e seus filhos tendo uma vida normal. Mas o passado dele não é bem o passado de um cidadão de bem e ele não consegue fingir que nada aconteceu, Barry sempre é surpreendido pela sombra do passado, vindo através de favores não cobrados ou da polícia chegando perto de toda a verdade.

A série também mostra as dificuldades que a personagem Sally enfrenta pra realizar seu sonho de se tornar atriz. Longe de ser o cliche de par romântico a personagem também tem suas camadas.

via GIPHY

Barry é uma ótima pedida de série pra se maratonar em um final de semana. Se você já assistiu, conta aí o que achou? O que você acha que Barry deveria fazer?

Elenco

Principal


Bill Hader como Barry Berkman/Barry Block
Stephen Root como Monroe Fuches
Sarah Goldberg como Sally Reed
Glenn Fleshler como Goran Pazar
Anthony Carrigan como NoHo Hank
Henry Winkler como Gene Cousineau


Recorrente


Paula Newsome como Detective Janice Moss
Michael Irby como Cristobal Sifuentes
Kirby Howell-Baptiste como Sasha Baxter
D’Arcy Carden como Natalie Greer
Darrell Britt-Gibson como Jermaine Jefrint
Andy Carey como Eric
Alejandro Furth Antonio Manuel
John Pirrucello como Detective John Loach
Rightor Doyle como Nick Nicholby
Mark Ivanir como Vacha/Ruslan
Nikita Bogolyubov como Mayrbek
Jessy Hodges como Lindsay Mandel
Dale Pavinski como Taylor Garrett
Marcus Brown como Vaughn
Robert Curtis Brown como Mike Hallman
Cameron Britton como Simmer
Karen David como Sharon Lucado
Chris Marquette como Chris Lucado
Troy Caylak como Akhmal
Nick Gracer como Yandal
James Hiroyuki Liao como Albert Nguyen
Sarah Burns como Detective May
Andrew Leeds como Leo Cousineau


Convidados


Tyler Jacob Moore como Ryan Madison
Melissa Villaseñor como Diner Waitress
Larry Hankin como Stovka
Jon Hamm como ele mesmo
Michael Beach como Police Detective
Patrick Fabian como Space Dad
Sam Ingraffia como Thomas Friedman
Daniel Bernhardt como Ronny Proxin
Jesse Giacomazzi como Lily Proxin
Jay Roach como ele mesmo
Allison Jones como ela mesma