Westworld 3ª temporada crítica


Westworld sem sombra de dúvidas é uma das principais séries da atualidade, não só pela qualidade técnica; algo que já esperamos de produções da HBO, mas também por todo o seu teor filosófico. A terceira temporada não deixa a desejar mostrando os anfitriões do lado de fora do parque, em uma linha narrativa diferente da que vimos nas duas primeiras temporadas. Veja a nossa Westworld 3ª temporada crítica.

Saber o que aconteceria com a Dolores (Evan Rachel Wood) do lado de fora do parque, era o que eu mais está ansioso para ver nesta terceira temporada. Depois de dois anos, Dolores estava de volta mais poderosa do que nunca, no mundo dos reles mortais.

via GIPHY

É claro que a narrativa da personagem seria diferente, no parque Dolores metia a bala nos seus inimigos, não que isso não aconteça no mundo real. Mas a situação exigia uma Dolores mais estratégica, já que as consequências dos seus atos teriam um peso maior no mundo dos humanos. Ela fez bons usos das informações que tirou do servidor da Delos no final da segunda temporada e isso se transforma em gatilho para o inicio da terceira.

A terceira temporada apresenta um futuro totalmente tecnológico que fizeram os meus olhos brilhar o que são aquelas naves que parecem drones, meus caros? E porque isso ainda não existe no nosso mundo?

via GIPHY

Uma super inteligência artificial aparece em plano, Rehoboam criado pela Incite, o intuito de Serac interpretado por Vincent Cassel é salvar a humanidade da extinção, a motivação é boa e os meios podem até fazer sentido para alguns, isso levaria um a debate caloroso.

Rehoboam traça o futuro das pessoas e elimina todos que se apresentam como risco ao bem maior da humanidade. A partir dai vem o personagem Caleb Nichols interpretado por Aaron Paul de Breaking Bad, um baita reforço para o elenco da série.

Caleb se torna aliado da Dolores, é super compreensível o personagem se parecer perdido diante da nova dinâmica de sua vida após a aparição de Dolores, vamos se dizer que a vida do cara não foi uma das mais fáceis.

O motivo que faz Dolores escolher o nosso querido Caleb é porque apesar de todas as suas lutas, o personagem tem capacidade de escolher. É claro que nem sempre, pois o mesmo foi recondicionado pela a Incite, mas apesar disso, Dolores enxerga nele o líder da futura revolução.

Westworld perdeu muito público na sua segunda temporada, conheço pessoas que abandoram ainda na primeira. A série não é fácil, você tem que gostar de tramas bem construídas, e narrativas que fazem mais sentido no final. Westworld carregava esta fama, eu me lembro de ter pulado do sofá no final da primeira temporada, que final meus caros!

Os criadores Lisa Joy e Jonathan Nolan optaram nas primeiras temporadas por uma narrativa não tão linear onde presente, passado e futuro aconteciam simultaneamente, e você meu querido leitor não percebe isso, é claro que muita gente não gostou desta forma de contar história. Mas quem insistiu tem uma série muito boa entre as favoritas.

A terceira temporada foi por um caminho diferente, em uma história mais linear, agradou alguns fãs e desagradou outros. Eu particularmente gostei. Acredito que o formato de mostrar presente, passado e futuro não deve ser usado sempre. O intuito da série é te impressionar, se você já souber como a história geralmente é contada, além da estratégia da série ficar “manjada” perde um pouco a experiência. É claro que esta mudança por uma narrativa mas simples foi uma estratégia dos produtores para evitar que mais fãs desistam da série.

Mas em linhas gerais, Westworld mais uma vez cumpre o seu papel, mostrando o grande questionamento entorno da liberdade e do livre arbitrio, escrevi um texto sobre a filosofia de Westworld, da uma olhada lá.

Agora a busca pela liberdade ultrapassa os limites do parque. Em um mundo totalmente planejado por uma inteligência artificial, Dolores tem como foco principal libertar os seres humanos, para terem suas próprias escolhas. Se isso vai levar a muita merda ou não, é necessário. A humanidade já passou por altos e baixos, eu gostaria de acreditar que estamos aprendendo com eles. E este é o intuito de Dolores, a única forma de salvar a humanidade é expondo-a ao caos, é aprendendo com ele.

via GIPHY

Que plost twiste! E para isso Dolores conta com a ajuda de Caleb, o plano dela o tempo todo envolvia se sacrificar pela raça humana. Uma coisa que me deixa com dúvida se Dolores como a gente conhece vai retornar na quarta temporada, pois a única forma de acabar de vez com um anfitrião é apagando sua memória ou destruindo sua pérola. Tem outras versões da Dolores por aí, porém a gente sabe, as cópias acabam se moldando pelo meio em que elas estão inseridas, outro conceito filosófico aí. Isso aconteceu com Charlote interpretada de forma esplendida por Tessa Thompson.

via GIPHY

Talvez tenhamos Dolores de volta mas não com a personalidade e todo amadurecimento que a personagem ganhou ao longo das temporadas.

Alguns personagens importantes como Maeve (Thandie Newton) e Bernard (Jeffrey Wright) ficaram em segundo plano, mas acredito que estes personagens serão cruciais na quarta temporada, já que não sabemos se Dolores realmente volta. As lutas entre Dolores e Maeve sempre são de tirar o folêgo, e espero vêlas novamente.

via GIPHY

Westworld vai deixando um vazio no meu domingo, acreditasse que a quarta temporada vira lá por 2022. É claro que a quarentena pode atrasar ainda mais a produção. A terceira temporada foi algo diferente, muita gente não gostou por a trama não seguir com o padrão-legado já estabelecido nas temporadas anteriores. Mas a história e o questionamento filosófico continuam os mesmos. E você o que achou da terceira temporada de Westworld?

Elenco terceira temporada

EVAN RACHEL WOOD
EVAN RACHEL WOOD
Dolores Abernathy
THANDIE NEWTON
THANDIE NEWTON
Maeve Millay
JEFFREY WRIGHT
JEFFREY WRIGHT
Bernard Lowe
TESSA THOMPSON
TESSA THOMPSON
Charlote Hale
AARON PAUL
AARON PAUL
Caleb Nichols
LUKE HEMSWORTH
LUKE HEMSWORTH
Ashley Stubbs
SIMON QUARTERMAN
SIMON QUARTERMAN
Lee Sizemore
VINCENT CASSEL
VINCENT CASSEL
Engerraund Serac

ED HARRIS
ED HARRIS
William / The man in Black

shares